MENU

No final desse post eu irei contar a história por trás dessa fotografia. Estava conversando com um amigo hoje e falei “Por que eu nunca enviei minhas fotografias para concursos? É tão bom ver um selo em sua foto e ter o reconhecimento internacional diante de muitos outros fotógrafos muito bons de todo o mundo. Se eu tivesse como voltar no tempo com certeza eu iria participar desde o incio de nossa carreira pois participar de concursos de fotografia de casamento me permite melhorar ainda mais a curadoria de nossas fotografias e não só isso, nos permite a ir sempre além do trabalho padrão que se esperam que entreguemos, nos faz que fotografemos ainda mais intensamente para melhorar muito a nossa fotografia e competir com nós mesmos e escalando evoluções gigantescas na fotografia de casamento.

Qual é a data do vosso casamento 2020 e 2021? clique aqui!

Agora irei te contar a história por trás dessa fotografia. Era fevereiro e ainda morávamos no Brasil, isso 2 anos antes de mudarmos para o Porto, em Portugal. Lembre-me que estava o tempo todo cheio de nuvens e previsão de tempestades e todos nós orando pedindo a Deus para que não tivesse chuva, afinal esse casamento seria ao ar livre, imagina se chove?

E estavamos em Curitiba nos deslocando para a cidade onde seria realizada a cerimonia e com aquele medo nós chegamos e um sol abriu, era na verdade um presente de Deus para aquela noiva e na altura ela estava no carro esperando para poder entrar na marcha núpcial quando uma madrinha chega fala “Não choveu né?” e ela fez esse Yeahh icônico que nos rendeu essa premiação pela associação internacional Inspiration Photographers, não é muito legal?

 

Fotografo de Casamento Porto Lisboa

Receba nosso orçamento para o vosso casamento

CLOSE